O que fazer na semana (ou dias) entre o Natal e Ano Novo



É o que sempre digo: pós fase infantil é tenso. Lá está você coberto de doces, molho de peru ou álcool ao som de algum programa especial de natal (até porque tudo no final do ano na televisão é especial) e vendo a criançada curtindo aquele brinquedo que no núcleo de sua subjetividade queria ter ganho.

Que merda..

E feliz natal e daqui alguns dias desejarei um feliz ano novo para todos os leitores e outras pessoas.

Todo ano, não bastasse os programas especiais (clichê!) você cai naquela “semana de barro” que chamo de dias pós Natal que antecedem o Ano Novo (ok inventei isso agora). E é bem aquela semana que você está atolado de barro, pois não bastasse a repetição da programação, os dias que se estendem até o Ano Novo parecem estar mais lentos.

E como você não tem (eu acredito) nenhuma máquina do tempo do Command & Conquer para mudar isso, let’s try this (com meus conselhos).



Encontre amigos/ amigas e outras pessoas



E é claro que a vida social não pode ser deixada de lado. Talvez seja um dos momentos que você mais ria por coisas ridículas, ou porque está bêbado ou porque gosta da arte de rir aleatoriamente.

E é nestas horas que as pessoas acreditam que o momento de internação já chegou também.

Sua(s) turma(s) podem ser aquele nicho de pessoas randômicas cujas atitudes são mais aleatórios que suas próprias palavras, só que não adianta, fazem falta quando você não os vê. Insista e continue insistindo caso alguém não vá. É eu sei como é. Sempre tem um que alega preguiça, tão clássico e vintage que chega a ser ridiculamente previsível que um a cada seis diga isto. De qualquer maneira se reúna em UM lugar conhecido para não dar problema no ambiente que é algo típico.

E se alguém sugerir combinar outro evento, siga em frente.


Assista filmes, seriados, desenhos, animes e leia bastante.



E é aqui que os downloads rolam soltos.

Estilo brs procurando brs em um jogo cujo público é majoritariamente Br. Pronto. Lags, lags e mais lags que você irá se familiarizar com eles. Não vou abordar sobre estes assuntos que rodeiam a Internet ao longo do ano.

Você tem sempre aquela sua temporada ou até mesmo uma série inteira que conheceu ou teve vontade de ver, no entanto não conseguiu devido aos vários compromissos ao longo do ano. Não adianta mesmo.

Não colocarei aqui uma lista do que deve assistir obrigatoriamente, mas dê preferências à sagas que você sabe que no durante o ano não poderá assistir, tendo em vista que o enredo exige uma certa reflexão que só poderá ser obtido caso tenha tempo de sobra. Portanto use esta época para desfrutar dos detalhes de animes como Evangelion, seriados como Game of Thrones, trilogias tais como O Poderoso Chefão e Senhor dos Anéis e enfim aqueles de sua preferência.

E é evidente que tem de ter sempre aquele acompanhamento que estimula a preguiça. Me refiro às Coca Cola de 3 litros (já tem de litros por ai? Não eu não moro nas cavernas, apenas não sei), salgadinhos (sdds dieta), frutas e aqueles fast foods que você talvez tenha em casa.

E se não tiver, faça-me o favor de ir ao menos para o supermercado. Em breve falarei das atividades físicas.

Quando tudo estiver pronto, prepare ou sofá ou a cadeira do computador e let’s destroy this (apelando para o inglês mesmo). Ah sim, nunca se esqueça de tomar um café para não capotar no sofá e perder o episódio ou parte do filme. Isso é absurdamente.. chato.

É claro que também há aqueles como eu que adoram literatura e compram box ou vários livros que só conseguem ler dez páginas por dia ao longo do ano. É claro que os gostos são bem diversos, porém é o mesmo que nas séries: se o livro tiver muitos detalhes, inicie por este.


Aprenda uma nova cultura/ língua



A Internet propiciou o que chamamos de globalização e isto por sua vez permitiu um intercâmbio de informações com qualquer parte do mundo.

Qualquer parte mesmo, exceto as Terras-de-sempre-inverno que sequer mapas possuem até os White Walkers trazerem notícias.

Seus White Walkers garanhões e metidos a malandros..

Por consequência é extremamente fácil coletar novidades daquele país que sempre admirou, porém não tem dinheiro de visitar neste instante, aliás mais do que isso, há uma lista imensurável de sites que disponibilizam livros virtuais para o aprendizado de certa língua estrangeira. E quando digo que tem de tudo, não estou mentindo e tampouco sendo exagerado. Dúvida? Ok. Quer aprender línguas élficas do Tolkien? Sim? Ok apenas escolha a variedade que quer e vá.

E sugerir o aprendizado de uma nova cultura interfere na..


Cozinha: aprenda e aperfeiçoe suas técnicas de culinária



Já que alguns sentem até ciúmes que no The Sims cozinham um salmão com toda a facilidade e você faz a maestria de queimar arroz, aprenda a cozinar.

“Putz como não pensei nisto antes?”

“Ah eu não tive tempo ao longo do ano”.

Mais clássico que jogo puzzle ser psicodélico em alguns momentos.

A cozinha pode ser um ótimo ambiente para aqueles seres novatos, intermediários e avançados. E de fato é algo EXTREMAMENTE útil. Pense na cena: você sozinho em casa e terá de almoçar sozinho. Vai gastar 10 reais para pedir MARMITA? Sim, não?

Sem falar que depois de um tempo poderá testar receitas exóticas que você vê nos lugares e pensa que magia o sujeito abusa. E nos níveis de mestre já poderá se vangloriar disto tudo.


Jogue como se não houvesse amanhã



E por favor não sejam como aqueles sujeitos que jogam 22 horas por dia.

Você no primeiro dia se perde no que vai jogar. Tenta cumprir metas e elaborar outra a fim de organizar tudo mas a tentação de jogar algo é tão grande que sobrepõe aquele game que deveria terminar.

E duas semanas depois vem enchendo o saco com aquele papo de tédio.

Então aqui já vou me metendo e sugerindo jogos rpg, não aqueles que cansam, mas sim os clássicos (diria até vintage) que assim como os filmes que comentei anteriormente, levam você a pensar e navegar em um mundo virtual. São inúmeros rpg e outros games com esta característica: valendo lembrar Chrono Trigger (e quem curte Dragon Ball terá uma surpresa), Zelda (sempre gostei mais do Ocarina of Time e Majora’s Mask que julgo serem os melhores, juntamente com A Link of the Past), The Elder Scrolls, Shadow of the Colossus. Inclua nisto tudo Super Mario World e a trilogia Donkey Kong para SNES que podem ser jogos longos caso resolva terminar tudo.

É claro que quem monta esta meta é você. Pessoalmente prefiro jogos extensos (variando na adrenalina de um bom fps com um demorado rpg que você pode degustando aos poucos a riqueza de detalhes).

Desta forma sugiro os seguintes objetivos:

-Jogue GTA, mas respeite a lei (tente e faça disto um jogo). Caso não queira troque isto por jogar e vencer todas as partidas de sinuca e fliperama no GTA San Andreas.
-Faça todos os finais alternativos de Chrono Trigger e Fable.
-Cumpra todas as quests de qualquer versão do The Elder Scrolls.
-Jogue Doom 1 no último nível de dificuldade sem morrer. Faça o mesmo com Halo.
-Faça todos os "secrets" dos três primeiros Resident Evil.

E chame seus amigos. Steam, Live, PSN ou qualquer outra coisa são excelentes, só que não superam a adrenalina dos tempos em que todos se amontoavam para terminar Mario Kart no SNES ou RE3 do PS1 (que você só jogava com mais alguém porque na realidade tinha medo).


Procure um hobby



É tanto hobby que não sou ousado e neurótico o suficiente para realizar uma listagem de aptidões que podem envolver gostos sádicos e outras preferências bizarras.

Mera brincadeira.

E as férias podem ser aquele ócio cheio de dias tediosos ou o período que você resolve ter um hobby para levar até o resto dos dias de ócio ou pela vida inteira. Essas coisas nós se apegamos facilmente.

Foi numa destas épocas que aprendi a ser mais perfeccionista quanto arrumar meu quarto e estrategista jogando Starcraft, Warcraft e Age of Empires. O Maquiavel deve ter gostado deste meu último hobby. Saltando novamente essa reflexão desnecessária (como estou escrevendo coisa inútil hoje) as férias podem ser extremamente úteis..quando você quer.

E hobby pode ser desde fazer uma atividade física até artesanato. Por favor não digam que não possuem um.


Aproveite a véspera e o momento da virada



Chegado os grandes dias (afinal considero o dia da véspera juntamente com a virada). Conversa, beba, coma e se divirta. Mas por favor não coloque tudo para perder por causa de uma bobagem qualquer do tipo, tomar uma vodka às 7 da manhã do dia primeiro.

É claro que você terá de aturar seus primos menores que ainda estão curtindo o presente de Natal e esfregam na sua fuça pensando que tem ciúmes, porém tudo isso é, digamos, normal.


EXTRAS:

-Convide seus(uas) primos (as)para sair: já que a família está por ai (devido ao êxodo rural ou urbano, ops desculpe) então não custa apreciar um pouco.
-Faça uma receita medieval.
-Curta seu animal de estimação.
-Tire metade fotos de paisagem e outra metade de fotos patéticas que fará você rir por algum tempo.
-Faça origami.
-Arrume aquele armário, guarda roupa ou gaveta quase que esquecido ao qual você junta tanta coisa que fica se perguntando se aquilo rompe as leis da física de que dois corpos não ocupam o mesmo espaço.
-Se tiver o livros do "Onde está o Wally", procure o Wally.
-Caso não saiba, aprenda a comer com hashi (perai, você não sabe comer de hashi? HAHA. Tudo bem é normal).
-Jogue um Pokemon.

Para terminar, desejo agora um feliz natal (repetindo) e também um “so happy” ano novo.

Deixo aqui meus agradecimentos aos leitores que surgiram durante o ano e toleraram meus longos intervalos entre um post e o outro. Tive vários compromissos e publicar algo semanalmente tornou-se complicado.

No próximo post, a segunda edição do “Coisas sobre Jogos”. É quem é vivo desaparece, aparece e..

See ya!

Comments

  1. Adorei, adorei, adorei o post!
    Estou nas categorias:
    Procure um hobby,
    Aprenda uma nova cultura/ língua,
    Assista filmes, seriados, desenhos, animes e leia bastante.
    Well, tu escreve de forma única, é engraçado, até dramático as vezes eu diria. Hehe.
    Feliz natal eu já te desejei, basta de dar agora um ótimo ano novo, que tu tenhas muito sucesso, saúde, amor e felicidade.

    Agora vou aprender a fazer Yakisoba...

    Beijos,
    Eduarda Ceretta.


    ReplyDelete

Post a Comment